Valdelice Veron será homenageada na 2ª Mostra

Compartilhe:

DSC00085_mini

No dia 13 de Julho os conselheiros Carlos Afonso Marcondes Medeiros e Carlos César Coelho Netto, respectivamente, presidente e vice-presidente do CRP14/MS, entregaram o convite da 2ª Mostra Nacional de Práticas em Psicologia para a indígena Valdelice Veron. A entrega aconteceu no Museu das Culturas Dom Bosco, durante a reunião ampliada "Qualidade da Atenção Básica em Saúde Mental Indígena no MS", realizada pelo Distrito Sanitário Especial Indígena de Mato Grosso do Sul.

Assim como o poeta Manoel de Barros, ela foi escolhida para receber o 2º Prêmio Paulo Freire de Psicologia, enquanto representante do estado de Mato Grosso do Sul. A homenagem é concedida a personalidades brasileiras que contribuíram para o aprofundamento da democracia e o combate à desigualdade social no país.

Valdelice é professora formada pela UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) e vem lutando incansavelmente no combate à violência praticada contra os povos indígenas, sobretudo os da etnia Guarani-Kaiwoá, cuja presença maior ocorre na região sul de Mato Grosso do Sul. Ela é filha do cacique Marcos Veron, que foi brutalmente assassinado em janeiro de 2003.

Ao receber o convite, Valdelice destacou que se sentia honrada, mas que era uma honra que não pertencia a ela, e sim as a todos aqueles que morreram lutando pela causa indígena. "Esse apoio que vocês da Psicologia vêm nos dando nos dá mais forças para que continuemos a batalhar pelos nossos direitos", agradeceu.

A reprodução das notícias é autorizada desde que seja citada a fonte: Conselho Federal de Psicologia.

Leave a Comment