Tocantins é parte da construção 2ª da Mostra Nacional

Compartilhe:

tocantins

A 1ª Mostra Nacional de Práticas em Psicologia, ocorrida no ano 2000, foi uma oportunidade
para que todo o Brasil conhecesse o que é produzido e praticado no Estado do Tocantins.
Na 2ª edição da Mostra Nacional de Práticas em Psicologia, que vai acontecer no mês de
setembro, em São Paulo, o Tocantins conta - entre profissionais e estudantes - com 30
inscritos.

A participação e mobilização dos profissionais e interessados em uma Psicologia mais atuante,
democrática e cidadã é muito importante para a construção deste grande evento e para o
crescimento cada vez mais expressivo da 2ª Mostra.

INSCRIÇÕES DE TRABALHOS

A 2ª Mostra – evento que será o ápice das comemorações dos 50 anos da profissão no Brasil -
já tem mais de 14 mil inscritos em todo o país e com a sua ajuda podemos tornar este evento
cada vez mais rico em experiências, trocas e intercâmbios entre psicólogas, psicólogos e a
sociedade.

Já são mais de 2500 trabalhos inscritos na Mostra e as inscrições podem ser feitas no formato
de pôsteres ou vídeos e realizadas pelo site da 2ª Mostra - mostra.cfp.org.br, dentro do menu
lateral, no campo “Inscrição”.

Lembramos que a segunda etapa de inscrição de trabalhos na 2ª Mostra Nacional vai até o
dia 31 de maio. Não deixe de inscrever seu trabalho para que os profissionais de todo o Brasil
conheçam suas práticas e processos de trabalho!

CONFIRA O QUE PSICÓLOGAS E PSICÓLOGOS DO TOCANTINS TÊM A DIZER SOBRE A IMPORTÂNCIA DA 2ª MOSTRA:

“A importância da Mostra é múltipla e imensurável: proporciona a visibilidade das inúmeras
praticas e potencialidades que a ciência e profissão de psicólogo/a produz e agrega na
contemporaneidade; reforça o compromisso da Psicologia no desenvolvimento de um
Estado Democrático de Direito focado no respeito à diversidade e na promoção aos Direitos
Humanos; estimula, através do convívio afetivo entre a categoria, a formação de redes;
contribui na inserção do Brasil como protagonista na agenda mundial de produção do
conhecimento voltado para os desafios do Século XXI. O Estado do Tocantins é jovem, forte
e carrega todos os desafios contemporâneos da Região Norte de nosso país. Para além da
captação de novas possibilidades de atuação, os/as profissionais e estudantes tocantinenses
terão a oportunidade de dar visibilidade às suas praticas inovadoras, qualificadas e eficazes
de promoção da autonomia e cidadania no desenvolvimento de uma ciência e profissão
comprometida com seus principais desafios regionais e mundiais. Minha expectativa é que
todos os participantes retornem da Mostra oxigenados e motivados a criar e/ou qualificar
novas praticas de atuação.”
César Moraes Ramos – Psicólogo

“A importância da 2ª Mostra, além de marcar os 50 anos da Psicologia como profissão no
Brasil, é a de dar visibilidade às distintas e diversificadas atuações das Psicólogas(os) em todos
os campos de inserção ocupacional, estimular o convívio entre os profissionais e estudantes,
contribuindo para identificação e criação de redes inter-regionais, bem como apresentar as
produções que a ciência e profissão vem conseguindo realizar num país que ainda carece
de investimentos educacionais na produção do conhecimento das gentes diversas pelo
Brasil afora. No Tocantins há muitas práticas inovadoras em pontos do Estado onde parece
impossível a atuação e com a Mostra. Profissionais que atuam no Estado de norte a sul,
professores e estudantes dos cursos de Psicologia, terão oportunidades de apresentar suas
práticas com muita propriedade e inovação, comprometidos com os princípios dos direitos
humanos e da cidadania no desenvolvimento da profissão. Juntamente com colega que
atuou na capital em um CAPS, já inscrevi um trabalho, bem como ainda vou inscrever mais,
entusiasmada para mostrar o que vimos produzindo nas políticas públicas de saúde”.
Kathia Nemeth Perez– Psicóloga

“A 2ª Mostra será uma oportunidade para a Psicologia mostrar a sua cara, pois muitos
psicólogos estão produzindo coisas fantásticas e trabalhos inusitados muito relevantes para a
sociedade. Antes a Psicologia não saía dos consultórios e agora está trabalhando em políticas
públicas, na área ambiental, jurídica, escolar, e isto não é divulgado. A Mostra vem trazer
essas atuações que são fundamentais para o conhecimento. Nós somos o estado mais novo da
Federação, mas não é por isso que não temos grande realizações. O Tocantins tem trabalhos
excelentes que precisam ser divulgados, e muitos profissionais bons desenvolvendo trabalhos.
Devemos mostrar essas realizações!”
Anita Coelho – Psicóloga

“A 2ª Mostra será uma chance de compartilhar as experiências que estão sendo feitas e de
termos acesso a elas para conhecer novas práticas, além de permitir que conheçamos outros
profissionais. Como o Tocantins é um estado novo, cada psicólogo que veio para cá contribuiu
com a profissão de uma forma diferente , então tem muita coisa sendo construída e isto deve
ser divulgado”.
Tânia Maria Lago - Psicóloga

“Precisamos sair do nosso meio e ir ao encontro de outras práticas para somarmos ao nosso
dia-a-dia como profissionais. Porque se cada um tiver práticas isoladas, como teremos um
melhor conhecimento da Psicologia? Devemos sair dos nossos lugares para contarmos nossas
vivencias, ouvirmos e criarmos uma nova história. A Mostra vai propiciar conhecimentos,
enquanto profissional e enquanto pessoa, para retomarmos ao local de origem e somar
as diferentes culturas, não importando a distância entre elas. Temos todos que estar
entrelaçados para, daqui a 50 anos, lermos a história que estamos construindo agora. O
Tocantins não é diferente, por mais que seja o Estado mais novo. Por isso a importância de
estarmos no evento, para desmistificarmos o que as pessoas pensam. Principalmente no Buriti
do Tocantins, onde vivo, que dá pra contar cinco psicólogos. Aqui tem uma carência muito
grande e os profissionais que eu conheço têm muito a oferecer”.
Thais de Carvalho Lemos – Psicóloga

“Acredito que a Mostra será a grande oportunidade de trocas de informações a respeito das
práticas que estão sendo construídas pelos profissionais psicólogos em todo o Brasil e sei que
será um momento muito rico. Quero muito saber o que está acontecendo em outros estados
brasileiros, principalmente em relação ao fazer do psicólogo na saúde pública, no SUS, nas
questões das drogas, e etc. Os psicólogos do Tocantins têm trabalhos riquíssimos em todas as
áreas de atuação e nossa prática deve ser compartilhada”.
Sandra Assunção – Psicóloga

“A Mostra vem divulgar e mostrar o trabalho que a Psicologia desenvolveu e está
desenvolvendo na atualidade à sociedade. Espero que todos os profissionais da Psicologia se
engajem neste evento e que possamos ampliar o reconhecimento da nossa profissão”.
Gilvani Silva Medeiros Terra - Psicóloga

A reprodução das notícias é autorizada desde que seja citada a fonte: Conselho Federal de Psicologia.

Leave a Comment