Psicólogo (a), compartilhe um minuto seu.

Compartilhe:

1minutopsi

A célebre frase de Glauber Rocha “Uma câmera na mão e uma ideia na cabeça” nunca foi tão atual. Com os avanços tecnológicos todos podem gravar vídeos, com a webcam do computador, pelo celular ou  tablet, com máquinas fotográficas e, claro, até mesmo com uma filmadora. Compartilhando a sua visão, você mostra a sua realidade, que pode ajudar ou inspirar muitas outras pessoas.

Percebendo esta possibilidade de manifestação, há 21 anos surgia o “Festival do Minuto”, iniciativa do cineasta brasileiro Marcelo Masagão, realizada hoje em mais de 50 países. Agora, quando se comemora os 50 anos da regulamentação da Psicologia no Brasil, seus profissionais são convidados a enviarem vídeos com suas experiências e expectativas sobre a profissão no “MinutoPsi”, realizado pelo Sistema Conselhos, em parceria com o Festival do Minuto.

As inscrições estão abertas até 30 de agosto, no site http://www.minutopsi.com.brLá, você encontrará todas as informações e o passo a passo de como inscrever o seu vídeo. Pode ser um simples depoimento, gravado diretamente no computador, ou algo editado com imagens que você produza. O importante é que ele trate de um ou mais dos seguintes temas: Meu Fazer, Minha escolha, Uma palavra, Uma população, Mais tocante, Um projeto.

Sobre a iniciativa, Nerrise Benther comentou no site: “Que incrível poder compartilhar momentos, historias, fatos, perspectivas, atitudes, conhecimentos em 1 minuto e fazer assim gerar toda uma dinâmica em volta do conhecimento. Maravilhosa esta ideia de se poder compartilhar minuto da vida dos psis!”.

Como exemplo da multiplicidade de visões, alguns trechos dos vídeos que já estão no site:

 “Há 30 anos que eu trabalho com psicologia. É para mim um momento de orgulho, de grandes reflexões e de revisão de toda uma trajetória. De olhar e perceber o quanto esta profissão evoluiu neste país”. Maria Helena Alves

Me toca na profissão da psicologia a palavra gente. Psicólogo trabalha com gente”.  Fátima Duarte

“A psicologia hoje não é mais a mesma. A psicologia transformou, ela foi ao encontro da realidade social brasileira. Conhecemos um pouco mais daquilo que forma a subjetividade do brasileiro, com isso transformamos nosso fazer, nosso modo de pensar”. Humberto Verona, presidente do Conselho Federal de Psicologia.

 Eu escolhi a psicologia porque eu posso construir um mundo diferente”Andreia Nascimento

Se você é psicólogo, participe. Registre seu depoimento nas comemorações dos 50 anos da Psicologia no país. Ajude na construção de uma sociedade mais humana, fraterna e cidadã. Um minuto seu pode fazer a diferença.

A reprodução das notícias é autorizada desde que seja citada a fonte: Conselho Federal de Psicologia.

1 Comment

  1. Dulcineia Mendes says:

    Não há nada que me me encha tanto de orgulho, quanto a minha escolha profissional. Há muitos desafios pela frente e sabemos o quanto somos capazes de vencer.

    Reply

Leave a Comment