Orquestra Neojibá emociona no encerramento da 2ª Mostra

Compartilhe:

A Orquestra Sinfônica Juvenil da Bahia se apresentou em grande estilo após cerimônia de encerramento da 2ª Mostra Nacional de Práticas em Psicologia, no dia 22 de setembro. Quase 100 integrantes subiram ao palco para a apresentação da Orquestra, que é a principal do Projeto Neojibá, programa do estado da Bahia que busca a integração social ao juntar artistas de todas as classes sociais.

O repertório foi variado, com músicas da América Latina e clássicos da música brasileira, como a Tico-Tico no Fubá.

“Estar presente aqui foi um marco, pois a música é um dos elementos mais fortes da psiquê humana e poder influenciar de alguma forma um público tão seleto, que se reuniu para discutir o futuro da profissão durante estes dias, foi muito legal”, comemorou o maestro da Orquestra, Ricardo Castro.

A Orquestra Juvenil já se apresentou em diversos estados do Brasil e em outros países, como Índia, Suíça e Portugal.

Sobre a Neojibá

O projeto Neojibá recebe audições regularmente e os músicos selecionados têm aulas e atividades diárias com professores de grandes orquestras de todo o mundo. Os integrantes das principais orquestras recebem bolsa auxílio para comparecer diariamente às aulas e se dedicarem aos estudos musicais. O objetivo do projeto, que conta com um núcleo de orquestras, é dar oportunidade às crianças e jovens que toquem ou queiram aprender a tocar instrumentos de Orquestra.

A reprodução das notícias é autorizada desde que seja citada a fonte: Conselho Federal de Psicologia.

Leave a Comment