O Pará também vai para a 2ª Mostra Nacional

Compartilhe:

para

A 1ª Mostra Nacional de Práticas em Psicologia, ocorrida no ano 2000, foi uma oportunidade
para que todo o Brasil conhecesse o que é produzido e praticado no Estado do Pará. Na 2ª
edição da Mostra Nacional de Práticas em Psicologia, que vai acontecer no mês de setembro,
em São Paulo, o Pará já conta - entre profissionais e estudantes - com 432 inscritos.

A participação e mobilização dos profissionais e interessados paraenses em uma Psicologia
mais atuante, democrática e cidadã é muito importante para a construção deste grande
evento e para o crescimento cada vez mais expressivo da 2ª Mostra.

Inscrições de trabalhos

A 2ª Mostra – evento que será o ápice das comemorações dos 50 anos da profissão no Brasil -
já tem mais de 14 mil inscritos em todo o país e com a sua ajuda podemos tornar este evento
cada vez mais rico em experiências, trocas e intercâmbios entre psicólogas, psicólogos e a
sociedade.

Já são mais de 2500 trabalhos inscritos na Mostra e as inscrições podem ser feitas no formato
de pôsteres ou vídeos e realizadas pelo site da 2ª Mostra - mostra.cfp.org.br, dentro do menu
lateral, no campo “Inscrição”.

Lembramos que a segunda etapa de inscrição de trabalhos na 2ª Mostra Nacional vai até o
dia 31 de maio. Não deixe de inscrever seu trabalho para que os profissionais de todo o Brasil
conheçam suas práticas e processos de trabalho!

CONFIRA O QUE PSICÓLOGAS E PSICÓLOGOS DO PARÁ TÊM A DIZER SOBRE A IMPORTÂNCIA DA 2ª MOSTRA:

“A 2ª Mostra fundamentalmente nos faz refletir sobre um caminho percorrido
e, para tanto, é mister o exercício do compartilhamento de experiências. A
Mostra promoverá este espaço de tornar visíveis os "fazeres" que cotidianamente
são realizados por milhares de psicólogos dando, quem sabe, a possibilidade de nos
reconhecermos nas múltiplas formas em que o exercício profissional se corporifica e se
transforma. Levarei alguns trabalhos na área de saúde e no que concerne à diversidade
/pluralidade sexual. No Pará temos importantes contribuições a compartilhar, em
diversas áreas!”

Sandra Lobato – Psicóloga

“A Mostra é um momento de apresentação, reflexão e análise sobre as práticas da
Psicologia em todo Brasil, sobretudo uma grande oportunidade de discussão e troca de
experiências entre todos nós, psicólogos e psicólogas do Brasil. Espero que possamos,
com este grande encontro, dar visibilidade à Psicologia, apresentando para todo o
Brasil e para a sociedade a importância das nossas práticas profissionais, bem como
integrando todas as regiões num só lugar”.

Cilene Alencar – Psicóloga

“Eu vejo a 2ª Mostra como uma oportunidade da Psicologia mostrar seu avanço.
A Psicologia está bem representada no Brasil, porém não temos muito acesso e
conhecimento sobre todas as informações. A Mostra também deve contribuir para
que nossos colegas profissionais levem suas práticas e é interessante que as questões
específicas e regionais estejam presentes no evento. A psicologia ainda é pequena, mas
tem crescido muito e precisa ser divulgada!”

Dorotea Albuquerque de Cristo – Presidente do Conselho Regional de Psicologia da 10ª
Região (PA/AM)

“A 2ª Mostra proporcionará a todos os psicólogos e à sociedade em geral, uma viagem
na história da Psicologia Brasileira ao longo dos seus 50 anos. Estamos apostando
que este evento será de uma magnitude e exuberância muito grande, em razão de
estar sendo construído por muitas mãos. Acreditamos muito na excelente qualidade
da formação e do trabalho dos psicólogos do Pará e essa é, sem dúvida, uma grande
oportunidade de divulgarem sua prática profissional”.

Ercio da Silva Teixeira - Psicólogo

 

“A 2ª Mostra vem mostrar o trabalho dos psicólogos nessa comemoração, saber onde
cada um trabalha, qual a sua prática, onde estão atuando, mostrar um pouco da cara

da Psicologia para o Brasil. E esta também é uma forma de mostrar a atuação dos
psicólogos do Norte do país. É uma chance única de valorizar a prática da profissão”.

Rosilene Soares Carneiro - Psicóloga

“A realização da Mostra é fundamental para o avanço e consolidação da Psicologia na
sociedade e nas políticas públicas, tanto na área privada quanto na pública. Ela será um
termômetro da nossa atuação, de como a Psicologia vem contribuindo para a sociedade
como um todo. O Pará já tem uma questão muito interessante pela peculiaridade das
práticas diferenciadas, como o CAPS itinerante, com sistema fluvial com serviço de
lanchas para chegar às comunidades ribeirinhas. Podemos apresentar esses trabalhos
para outros profissionais e contribuir para levar a Psicologia a essas comunidades
distantes”.

Letícia Maria Soares – Psicóloga

 

“A 2ª Mostra será um evento diferenciado, de compartilhamento de práticas das
psicólogas, psicólogos e estudantes que, juntos, vão poder festejar e comemorar os
50 anos da Psicologia no Brasil e simultaneamente conversar entre si a respeito dos
desafios, paradoxos e dilemas da Psicologia brasileira hoje. Não é só um congresso,

é um acontecimento que possibilita trocas culturais, homenagens, encontros entre as
diversas Psicologias e formas de atuação. Os psicólogos do Pará têm muito a dizer,
pois é um estado rico em minérios, com grande riqueza ambiental , diferentes formas
culturais e forte pluralidade. Será um fazer junto, de muitas trocas entre os nossos
pares”.

Flávia Lemos – Psicóloga

“A Mostra é uma oportunidade de mostrar a diversidade das práticas, a possibilidade
de conhecer as teorias em construção, a intervenção profissional, toda a complexidade
da nossa ciência. Com este evento, passamos a mostrar o amadurecimento profissional,
para a melhoria da qualidade dos serviços prestados e acúmulo do conhecimento que
preza práticas concretas e alimenta as possibilidades de pesquisa e o aprofundamento
desse saber. O compromisso com o desenvolvimento é de todos e devemos contribuir
para o desenvolvimento do conhecimento e afirmação da Psicologia na sociedade”.

Luis Romano - Psicólogo

A reprodução das notícias é autorizada desde que seja citada a fonte: Conselho Federal de Psicologia.

1 Comment

  1. Neto Maia says:

    " A Mostra dará oportunidades de trocas, reflexões e reavaliações no que diz respeito acerca de práticas psicológicas por todo o país, o Pará com grande certeza, por sua riqueza, suas enormes dimensões geográficas e plural como ele só vem expor o modo adaptado do "fazer" psicologia na região norte do país e assim enriquecer o evento, pois OS VENTOS DO NORTE MOVEM O BEM COMUM".

    Reply

Leave a Comment